logo
Português (pt-PT)English (United Kingdom)
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
MUSEUM
COLLECTIONS
EXHIBITIONS
SERVICES AND ACTIVITIES
SHOP
WHAT’S NEW?
INFORMATION

Newsletter




Autenticação

Partilhar

Facebook Image

 Google Arts & Culture

Piano de Cauda - MM 434
Denominação: Piano de Cauda
Classif. Organológica: Cordofone de teclas, cordas percutidas
Autoria: Boisselot et Fils
Local / Datação: Marselha (França) / 1844


Piano que o compositor e pianista húngaro Franz Liszt trouxe de Marselha, em 1845, aquando da sua passagem por Portugal. Foi oferecido (?) à Rainha D. Maria II que, por seu turno, o viria a doar ao professor de música dos Infantes, Manuel Inocêncio Liberato dos Santos. Terá sido o primeiro piano de cauda que Lisboa alguma vez viu e ouviu.
Possui um teclado moderno a marfim e a ébano. Mecânica de duplo escape. Abafadores sobre as cordas. Armação simples em ferro sem barragem. Tampo harmónico em "espruce"; na parte inferior da tampa, existe um 2º tampo harmónico em jacarandá com o qual Boisselot pretendia reforçar ou enriquecer o som do instrumento.
Lira com dois pedais. Estante central, com duas mais pequenas laterais. Móvel em pau-santo, decorado com incrustações de filetes em madeira clara. Três pés torneados e com rodas. Fechos metálicos decorativos e dourados. Inicialmente tinha uma placa identificativa do construtor, bem como o número de série 2022.

Aço, marfim, ébano, ferro, spruce, jacarandá, pau-santo, madeira clara, latão
C. 2450 mm
Museu da Música, inv. n.º MM 434