logo
Português (pt-PT)English (United Kingdom)
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
MUSEU
COLECÇÕES
EXPOSIÇÕES
SERVIÇOS E ACTIVIDADES
LOJA
NOVIDADES
INFORMAÇÕES

Newsletter




Autenticação

Partilhar

Facebook Image

 Google Arts & Culture

.:: Alexandra Bernardo / Ricardo Martins PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Quarta-feira, 27 de Novembro de 2019 // 19:00 h
04-11-2019

Alexandra Bernardo e Ricardo Martins Recital de Alexandra Bernardo (Soprano) e Ricardo Martins (Piano) com obras de Berlioz, Wagner e Wolf. Organização: Associação dos Amigos do Museu Nacional da Música. Bilhetes - Normal 5,00 / Sócio - 3,00.

 

ALEXANDRA BERNARDO especializou-se em Ópera com Elena Dumitrescu-Nentwig. Trabalhou com Nico Castel e Pamela Armstrong, entre outros e estuda atualmente com Dora Rodrigues e Elisabete Matos.

 

Os seus papéis operáticos incluem as personagens de Mozart (Donna Anna, Fiordiligi, Vitellia e Pamina), bem como Dido (Dido & Aeneas, Purcell), Cunegonde (Candide, Bernstein) e Violetta (La Traviata, Verdi). Em concerto, destacam-se os Requiems de Brahms, Mozart, Fauré e Duruflé, a cantata O holder Tag, erwünschte Zeit de Bach e a 4.ª Sinfonia de Mahler.

 

Tem colaborado com orquestras como Divino Sospiro, Orquestra Sinfónica Juvenil, Orquestra do Norte, Orquestra de Guimarães, Orquestra Metropolitana de Lisboa e Orquestra Gulbenkian.

Conquistou vários prémios nacionais e internacionais.

 

É membro fundador da Nova Ópera de Lisboa.

 

RICARDO MARTINS concluiu, em 2014, o Mestrado em Ensino de Música na Escola Superior de Música de Lisboa, sob a supervisão de Jorge Moyano e Miguel Henriques.

 

Participou como pianista acompanhador em várias masterclasses, assim como em workshops para correpetidores com João Paulo Santos, Claudio Desderi, Jory Vinikour e Paul McCreesh (inseridos nos cursos ENOA). Participou como correpetidor em várias produções de ópera, destacando-se a ópera Ohneama de João Guilherme Ripper, com maestro Marcelo de Jesus (2016), e o Atelier de Ópera da Orquestra Metropolitana de Lisboa, com A Flauta Mágica (2017-2018) e Don Giovanni (2018-2019) de Mozart, com encenação de Jorge Vaz de Carvalho e direção de Pedro Amaral. Colaborou também na temporada 2018-2019 do Teatro Nacional de São Carlos na ópera Alceste de Gluck, com encenação de Graham Vick e direção de Graeme Jenkins, e no Festival ao Largo 2019 com a Orquestra Sinfónica Portuguesa, com direção do maestro Andrea Sanguineti.

 

Participou também em masterclasses de piano e aperfeiçoamento técnico com Galina Eguiazarova, Sequeira Costa, Miklos Spaniy, Fausto Neves, Roberto Turin, Artur Pizarro, Mikhail Markov, António Rosado e Arcadi Volodos.

Leciona, como professor acompanhador e de piano, na Escola de Música Nossa Senhora do Cabo. Trabalha frequentemente com o Coro Gulbenkian como pianista acompanhador, e como instrumentista convidado da Orquestra Gulbenkian.

 

Apresentou-se em concerto com o Coral de São José e o maestro Luís Filipe Carreiro nas comemorações dos 75 anos da SATA, na Açor Arena (2016).

 

A solo, conta com recitais no Museu Nacional da Música, inseridos nos ciclos “À tarde no Museu” (2016 e 2017) e “Músicas do Acervo” (2017, 2018 e 2019), e também no Auditório CGD do Instituto Superior de Economia e Gestão, no contexto das comemorações dos 40 anos do Instituto Gregoriano de Lisboa.

 

Estreou-se com orquestra com o Concerto para Piano de Poulenc, com a Orquestra Sinfónica da Escola Superior de Música de Lisboa, sob a direção do maestro Vasco Azevedo.

 

AGENDA

Outubro 2019 Novembro 2019 Dezembro 2019
Do Se Te Qu Qu Se
1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30