logo
Português (pt-PT)English (United Kingdom)
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
MUSEU
COLECÇÕES
EXPOSIÇÕES
SERVIÇOS E ACTIVIDADES
LOJA
NOVIDADES
INFORMAÇÕES

Autenticação

Partilhar

Facebook Image

 Google Arts & Culture

:: INICIO NOVIDADES
.:: Fernando Deghi - CANCELADO PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Quinta-feira, 2 de Abril de 2020 // 18:30 h

Fernando Deghi Investigador, compositor, arranjador, instrumentista e autor, Fernando Deghi tem desenvolvido um trabalho intenso em torno da viola no Brasil. Será precisamente esse trabalho que apresentará no Museu Nacional da Música num concerto sob o título “Viola de um Brasileiro”. A entrada é livre.

 

FERNANDO DEGHI encontra-se entre os mais reconhecidos instrumentistas de viola do Brasil.

 

É pesquisador, compositor, arranjador e instrumentista e autor dos livros "Viola brasileira e Suas Possibilidades", "Ensaios para Viola Brasileira", "Song Book - Navegares", "Iniciação a Viola Brasileira".

 

CDs gravados: Violeiro Andante, Brasil Violado, Navegares.

 

Foi seleccionado para o SONORA BRASIL, o maior projeto de circulação musical do país com a temática para 2015 e 2016 Violas Brasileiras. Representou a viola em concerto em 130 apresentações de norte a sul do Brasil.

Participou como arranjador e compositor na colectânea Veredas da Atlântida - uma caminhada simbólica, lançado na Ilha Madeira em 2005, e no CD-Navegantes, Lisboa em 2007.

 

Teve inúmeras participações no Brasil entre as quais se destacam: CD Quatro Estórias-Rubem Alves, Veredas Luminosas-Sons do Cerrado, Viola Brasileira em Concerto-Ícones da viola instrumental interpretando obras sinfónicas (neste cd Deghi interpretou a Sinfonia 40 de Mozart).

 

Concertos na europa 2003, 2004, 2005, 2007, 2012,2015, 2016 países: Portugal, Espanha, França, Alemanha, Itália, Ilha da Madeira.

 

Concertos em Festivais Europa e América Latina - Raízes do Atlântico, Machico, Ribeira Brava, Músicas do Mundo (Ilha da Madeira), Ano do Brasil em França - Festival D’Ille de France, Ano do Brasil na Colômbia.

 

Festivais Brasil: Femucic – teve as suas composições premiadas em CD e DVD 2009, 2010, 2011, 2012, 2013, Festival Tom Jobim - Brasília – prémio melhor arranjo com a cantora Vitoria Rudan, e nos Festivais Mostra Leão do Norte-Pernambuco, Voa Viola-Brasília convidado para concerto como violeiro reconhecido nacionalmente, 2013 - Prêmio Rozini Excelência da Viola Caipira (categoria melhores instrumentistas, pesquisadores e professores).

 

Realizou cursos e oficinas em importantes festivais de música: 3.º Festival de Inverno de Música Erudita Cidade das Aguas-Mato Grosso do Sul, Civebra-Curso Internacional de Verão de Brasília, Instrumenta Viola-Cruzar Saberes Iº e IIº - Curitiba (curador e director), Festival de Música de Curitiba, 21º, 22º, 23º e Festival de Música de Cascavél, 23º, 24º, 25.

 

Participou como ator e músico na novela “Escrava Isaura” exibida pela Rede Record no Brasil e em mais de 50 países em 2003,2004, 2005, sendo reapresentada em edição especial em 2007, 2008 e 2015, 2017.

 

Para a novela “Bicho do Mato”, Rede Record, sua participação foi como compositor, tendo três obras de sua autoria na banda sonora: Cavalgada, Sertão do Canto, Riacho e Doce.

 


PROGRAMA - VIOLA DE UM BRASILEIRO

 

Fernando Deghi
- Navegares (afinação paraguassú)
- Riacho Doce (afinação rio abaixo)
- Cavalgada (afinação rio abaixo)

 

Fernando Deghi (arranjos) - Fantasia sobre temas caipiras – afinação rio abaixo
- Raul Torres e João Pacífico - Mourão da porteira
- Raul Torres e João Pacífico - Cabocla tereza
- Angelino de Oliveira - Tristeza do Jéca

 

Fernando Deghi (arranjos)
- Joubert de Carvalho - Maringá com introdução do Prelúdio 3 de Villa Lobos (afinação rio abaixo menor)
- Dilermando Reis - Se ela perguntar (afinação rio abaixo menor)

 

Fernando Deghi
- Nuvens (afinação além mar)
- Prece (afinação além mar)
- Brisas (afinação coimbra terça abaixo)
- Conto de Preto Velho - conto e música (afinação rio abaixo)

- Músicas que acompanham o conto: Viola e seus mistérios e Berceuse do sertão

 

- Fernando Deghi - Tião do O’Chi – Choro bossa (afinação paraguassú)
- João Pernambuco - Sons de Carrilhões - arranjo: Fernando Deghi (afinação paraguassú)