logo
Português (pt-PT)English (United Kingdom)
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
MUSEU
COLECÇÕES
EXPOSIÇÕES
SERVIÇOS E ACTIVIDADES
LOJA
NOVIDADES
INFORMAÇÕES

Autenticação

Partilhar

Facebook Image

 Google Arts & Culture

:: INICIO NOVIDADES
.:: Jovens Solistas da Metropolitana | Recital 1 PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Sexta-feira, 17 de junho de 2022 // 18:00 h

Jovens Solistas da Metropolitana

Recital de Canto e Piano do ciclo “Jovens Solistas da Metropolitana”. Parceria entre a Academia Nacional Superior de Orquestra, Escola Superior de Música de Lisboa e o Primeiro Acto - Escola de Teatro Musical. O bilhete do museu dá acesso ao evento.

 


PROGRAMA

 

Simão Andrade (tenor), Tomás Bryant-Jorge (piano):
FRANZ SCHUBERT (1797-1828) - Ganymed, das Três Canções, Op. 19 (1817 / J. W. v. Goethe)
GEORG FRIEDRICH HÄNDEL (1685-1759) - Comfort ye, ária do oratório Messias, HWV 56 (1741 / C. Jennens)

 

Sara Maia (soprano), Afonso Salazar (piano):
WOLFGANG AMADEUS MOZART (1756-1791)
- In uomini, in soldati, ária da ópera Così fan tutte, KV 588 (1790 / L. da Ponte)
- Una donna a quindici anni, ária da ópera Così fan tutte

 

Raquel Santos (soprano), José Kercadio Lencart (piano):
GEORG FRIEDRICH HÄNDEL (1685-1759) - I know that my redeemer liveth, ária do oratório Messias
WOLFGANG AMADEUS MOZART (1756-1791) - Abendempfindung an Laura, canção KV 523 (1787 / J. H. Campe)
GABRIEL FAURÉ (1845-1924) - Au bord de l'eau, das Três Melodias, Op. 8/1 (c. 1871 / S. Prudhomme)

 

Patrícia Manso (mezzo soprano), Kiran Lake (piano):
GEORG FRIEDRICH HÄNDEL (1685-1759) - Softly sweet, in Lydian measures, ária da ode Alexander´s Feast, HWV 75 (1736 / N. Hamilton)
CAMILLE SAINT-SÄENS (1835-1921) - Printemps qui commence, ária da ópera Samson et Dalila, Op. 47 (1877 / F. Lemaire)

 

Daniela Barbosa (soprano), José Cavalete (piano)
JACQUES OFFENBACH (1819-1880) - Les oiseaux dans la charmille, ária da ópera Les contes d'Hoffmann (1880 / J. Barbier)
GIUSEPPE VERDI (1813-1901)
- Saper vorreste, ária da ópera Un Ballo in Maschera (1859 / A. Somma)
- Volta la terrea fronte alle stelle, ária da ópera Un Ballo in Maschera

 

Henrique Laurentino (tenor), João Borges (piano):
WOLFGANG AMADEUS MOZART (1756-1791)
- Dalla sua pace, ária da ópera Don Giovanni, KV 527 (1787 / L. da Ponte)
- Il mio tesoro intanto, ária da ópera Don Giovanni

 

Marcia Massicane (soprano), Francisco Cabrita (piano):
JOHANNES BRAHMS (1833-1897) - Ihr habt nur Traurigkeit, ária de Ein deutsches Requiem, Op. 45 (1865-1868)
VINCENZO BELLINI (1801-1835) - Eccomi in lieta vesta, ária da ópera I Capuleti e i Montecchi (1830 / F. Romani)

 

Marta de Assunção (soprano), Liliane Silva (piano):
FERNANDO (FERRAN) JAUMANDREU OBRADORS (1897-1945), Três das Canciones Clásicas Españolas, Vol. 1 (1921)
I. La mi sola, Laureola (J. Ponce - Século XVI)
III. Corazón porque pasais (Anónimo - Século XVII)
IV. El majo Celoso (Anónimo - Século XVIII)

 


JOVENS SOLISTAS DA METROPOLITANA

 

Desenvolvendo uma ponte pedagógica inédita entre a prática e o ensino musical, a Academia Nacional Superior de Orquestra (ANSO) é a única escola do país que forma maestros, instrumentistas de orquestra e pianistas vocacionados para música de câmara (uma das vertentes fundamentais da Academia Nacional Superior de Orquestra, que todos os anos apresenta o ciclo Jovens Solistas da Metropolitana). Ao longo dos seus 30 anos de existência influenciou o panorama cultural em Portugal, tornando-se responsável pela formação de muitos jovens que vêm a integrar as mais exigentes instituições de ensino e formações internacionais. Considerada a mais premiada escola nacional desta área, as novas gerações de intérpretes e diretores musicais que lança são reconhecidos pela sua qualidade. Para ouvir os músicos do futuro, com repertórios de sempre.

 

+INFO: https://www.metropolitana.pt