logo
Português (pt-PT)English (United Kingdom)
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
MUSEUM
COLLECTIONS
EXHIBITIONS
SERVICES AND ACTIVITIES
SHOP
WHAT’S NEW?
INFORMATION

Autenticação

Partilhar

Facebook Image

 Google Arts & Culture

.:: Jovens Solistas da Metropolitana PDF Print E-mail
Quinta-feira, 24 de Novembro de 2022 // 18:00 h
16 November 2022

Jovens Solistas da Metropolitana Recital dos “Jovens Solistas da Metropolitana”, que interpretam obras de Arnold, Haydn, Brahms, Dohnányi e Khachaturian. A entrada no Museu faz-se através do bilhete normal (3 EUR), com os habituais descontos aplicáveis.

 

PROGRAMA

 

Hélio Santos (flauta), David Freitas Dias (clarinete), Maria Carneiro (oboé):
MALCOLM ARNOLD (1921-2006) – Divertimento, Op. 37 (1952)
I. Allegro energico
II. Languido
III. Vivace
IV. Andantino
V. Maestoso
VI. Piacevole

 

Ana Massacote (violino), Cíntia Sebastião (violino), Camille Estevão (viola), Sara Pitzalis Oliveira (violoncelo):
JOSEPH HAYDN (1732-1809) – Moderato, 1.º andamento do Quarteto de Cordas N.º 25 em Dó Maior, Op. 20/2, Hob.III:32 (1772)

 

Guilherme Reis (violino), Beatriz Correia (violoncelo), Afonso Salazar (piano):
JOHANNES BRAHMS (1833-1897) – Allegro con brio, 1.º andamento do Trio com Piano N.º 1, em Si Maior, Op. 8 (1854)

 

Luísa Semedo (violino), Ana Carolina Correia (violino), Camille Estevão (viola), André Alves (violoncelo), Liliane Rodrigues (piano):
ERNŐ DOHNÁNYI (1877-1960) – Adagio, quasi andante, 3.º andamento do Quinteto para Piano e Cordas, em Do Maior, Op. 1 (1895)

 

Beatriz Castro (clarinete), Leonardo Martins (violino), José Kercadio Lencart (piano):
ARAM KHACHATURIAN (1903-1978) – Trio para Clarinete Violino e Piano (1932)
I. Andante con dolore, molt’espressione
II. Allegro - Allegretto - Allegro agitato - Maestoso pesante
III. Moderato - Presto

 


JOVENS SOLISTAS DA METROPOLITANA

 

Desenvolvendo uma ponte pedagógica inédita entre a prática e o ensino musical, a Academia Nacional Superior de Orquestra (ANSO) é a única escola do país que forma maestros, instrumentistas de orquestra e pianistas vocacionados para música de câmara. Ao longo dos seus 30 anos de existência influenciou o panorama cultural em Portugal, tornando-se responsável pela formação de muitos jovens que vêm a integrar as mais exigentes instituições de ensino e formações internacionais. Considerada a mais premiada escola nacional desta área, as novas gerações de intérpretes e diretores musicais que lança são reconhecidos pela sua qualidade. Para ouvir os músicos do futuro, com repertórios de sempre.

 

+INFO: https://www.metropolitana.pt